Blog Bugginho Academy

O Dreamweaver é ou não uma boa opção?

Quando estamos começando a dar os primeiros passo com desenvolvimento web, uma das primeiras coisas que nos preocupamos é: “Qual editor de código utilizar?”. Existem ótimas opções no mercado como: Sublime Text, Brackets, Atom, Visual Studio Code, Notepad ++, etc… Mas com certeza a opção que mais gera discussão na internet é o Adobe Dreamweaver.

Hoje em dia é Hype falar mal do Dreamweaver antes mesmo de testá-lo, mas será que o Dreamweaver é tão ruim assim?

Por que as pessoas acham o Dreamweaver ruim?

A web começou a se popularizar no Brasil no final da década de 1990, e nessa época tínhamos bem menos opções de softwares, frameworks, etc… As duas principais opções utilizadas pelos “web designers” era o Microsoft Front-page e o Macromedia (Atualmente adquirida pela Adobe) Dreamweaver, porém mesmo com toda a força da Microsoft o Dreamweaver se popularizou muito mais rapidamente, passou a evoluir a passos largos e se tornou a melhor opção do mercado por muitos anos.

Sim, mas de onde vem essa birra dos atuais desenvolvedores?

O Dreanweaver se popularizou mais pela sua interface WYSIWYG (What you see is what you get) o que traduzindo significa “o que você vê é o que você obtém” e pela sua enorme facilidade de utilização, mas o maior problema dele era que o código gerado por ele era de péssima qualidade. Com a evolução das coisas, os desenvolvedores começaram a perceber que isso prejudicava muito o desenvolvimento, então novas ferramentas foram surgindo com uma interface mais minimalista e o uso da interface WYSIWYG caiu em desuso. O problema é que como muitos dos antigos programadores migraram para outras ferramentas, eles pararam de acompanhar o desenvolvimento da ferramenta e com isso a imagem de que o Dreamweaver só servia para gerar código porco, ainda permanece na cabeça da galera.

Dreamweaver CC

Nas versões mais recentes do Dreamweaver, a adobe correu atrás do prejuízo e além de disponibilizar no mercado o gratuito Brackets, reformulou o Dreamweaver e deixou ele ainda mais simples, mais leve, mas antenado com os atuais padrões web e com uma série de novos recursos, vocês podem conferir um pouco das novidades do Dreamweaver CC, no vídeo abaixo.

Conclusão.

Você não é obrigado a usar o Dreamweaver e tampouco será um desenvolvedor medíocre por usar ele, então saia do senso comum, instale a versão de testes do Dreamweaver CC 2017 e tire suas próprias conclusões. 🙂

Valeu galera!

Danilo Inácio

Comentar

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.